Livro | A Guerra dos Mundos – H.G. Wells

Olá, tudo bom? 1989

Embora o filme dirigido por Steven Spielberg seja digno de assistir, o que apenas devemos manter em nossas mentes são as formas dos aliens, pois afora isso, filme e livro são diferentes. Escrito a mais de 120 anos (1989), H.G. Wells trás aos seus leitores uma ideia perturbadora: como seria caso marcianos pousassem na Terra e vinhessem não com o desejo de paz, mas sim, de colonização de sua especie?

O que parecia ser apenas meteoros, mostrou-se ser o verdadeiro caos para os Humanos. Enquanto nos perguntávamos se éramos sozinhos nesse Universo, descobrimos da forma mais sangrenta que tínhamos vizinhos, logo em Marte e que eles detinham uma tecnologia capaz de fazê-los se sustentar mesmo com a atmosfera mas densa da Terra e aniquilar humanos simplesmente com um raio verde. Sem comunicação alguma com os habitantes do planeta, vemos o terror sendo instaurado no nosso mundo e a guerra para a dominação humana dando inicio.

Avaliação: 4.5 de 5.

A leitura te prende e causa estranhamento logo no começo, pelo menos foi assim comigo, quando me dei conta de que estava lendo algo escrito há um século atrás e que, diferente do filme (algo que tenho vivido em minha mente) ele trazia um cenário onde carroças são descritas. Deixe-me explicar: quando lemos um livro de Sci-fi é comum a história se passar “alguns anos depois”, nesse caso, o Wells escreveu no seu tempo, nada de humanos super desenvolvidos, viagens espaciais e etc… era apenas o homem de 1898 e marcianos vindos de fora, e esse segundo sim, com tecnologia super desenvolvida.

O mais digno de se observar na obra, é a simplicidade e ao mesmo tempo a genialidade em que o Wells cria a história, mostrando o quão despreparados o ser humano está, vivendo em suas bolhas não olhando para o que se há além – calma, não estou dizendo que acredito em homens “verdezinhos” que vivem fora da Terra, mas sabemos que há possibilidade da existência de bactérias em outros mundos -, fazendo com que sejamos pegos desprevinos e nos tornando “bestiais” quando o assunto é sobrevivência. Em vários momentos ele descreve como o homem fica louco ou beira a loucura.

Outro ponto bastante interessante são as armas que os marcianos trazem consigo, uma delas é mencionado uma luz que dissemina tudo. Na minha mente veio logo a ideia do Raio Laser e pesquisei sobre. Veja bem, Einstein vai sugerir sobre a teoria quântica em 1917, ou seja, 19 anos após o livro do Wells comentar algo que seria baseado em sua teoria. E foi somente em meados das décadas de 1940 e 1950 que os físicos conseguiram colocar em prática o que Einstein quis dizer. Mesmo sendo um livro de Ficção Cientifica e mesmo que não tenha nada haver com a ideia do Einstein, ainda assim podemos ver o quão visionário o autor era.

Acredito que ler esse livro é uma experiência única. Algo que te leva a pensar sobre o Homem x o Universo. Todos os amantes de sci-fi deveriam passar por essa leitura em algum momento de suas vidas.

E para finalizar, em 1938 Orson Wells impactou a Costa Leste dos Estados Unidos com a sua narrativa baseada no livro do H.G. Wells. Milhares de pessoas acharam que realmente o mundo estava sendo invadido por marcianos, tal perfeito foi o desenvolvimento que Orson fez no rádio. Deixo a baixo o vídeo do Gustavo Cunha, aonde ele conta esse efeito.

Um beijão e até mais 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.