[Livro] A Fortaleza: Colonização – Day Fernandes

Spoiler
Você está avisado! Hoje vai rolar resenha do segundo livro da duologia A Fortaleza. Caso queira saber mais sobre o livro, mas sem ter spoiler, leia a resenha do primeiro livro clicando aqui.

Camille e seus companheiros tem uma nova esperança: o planeta Tellus. Após descobrir o que era a Gênesis e tomar a Cidade dos Escolhidos, a resistência da Fortaleza 7 lidera o povo para um novo lugar. Porém o pouso não é exatamente como planejado e o grupo dos fantasmas acaba se separando e deparam-se com um planeta muito mais hostil, descobrindo que a Gênesis é apenas a ponta de uma trama muito maior que sabia.

Camille e seus amigos se veem sendo novamente caçados: mas quem são os aliados e quem são os vilões?

IMG_20191113_094022312
O livro está disponibilizado no Kindle Unlimited.

O livro traz muito mais ficção cientifica do que o primeiro, mas nem por isso a distopia não está presente. E aqui você encontrará uma escrita mais madura da autora, mas ainda assim com o mesmo ritmo do primeiro livro e é ótimo isso, pois me peguei muitas vezes devorando o livro. 

A Day Fernandes sabe criar um ambiente bom, mas as cenas de luta são simplesmente divinas. Lendo o livro, consegui claramente visualizar o que a autora quis passar. Porém há duas cenas (uma no capitulo 20 e a outra no capitulo 35) que tiraram meu ar. Minha sorte que eu estava em casa, então pude chorar sem vergonha alguma, são cenas que dá aquele nó na garganta.

Os personagens me cativaram. Muitos eu já conhecia do primeiro livro, aqui tem dois novos personagens que vão aparecer do começo ao fim: Mikail e a Alana. Acho incrível como a Day Fernandes sabe dar exatamente o tom pra cada personagem, tanto sabe,  que é mega difícil você não se apegar a algum. Em disparado, a Sarah é a personagem que mais me cativou, mas nem por isso, os outros personagens não me deixaram envolvida com a história.

Nesse segundo volume achei que foi uma excelente continuação. A Day não teve medo de sacrificar alguns personagens, bem como também não deixou nenhuma ponta solta. Claro que ela criou um mundo que é perfeito para ser explorado mais e mais, mas ao meu ver a duologia atende todas as expectativas.

Ao final do livro eu senti que havia cumprido uma missão, não de ler a duologia na Maratona Fortaleza, mas de ter acompanhado todos esses personagens maravilhosos nessa aventura e ver que acabou com esperança.

Beijos e até 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: