[HQ] Miracleman – Fase do Alan Moore

Marvelman (MIRACLEMAN) é um personagem criado em 1954 pelo escritor e ilustrador britânico Mick Anglo para a editora Len Miller & Son. Originalmente ele seria uma espécie de substituto ou um plágio britânico do Capitão Marvel da DC. Ganhou o nome Miracleman nos EUA por questões judiciais, e hoje, é de propriedade da Marvel Comics.

miracleman-12-111244

Em Miracleman acompanhamos Mick Moran que recebe seus poderes de uma entidade astrofísica que utiliza a palavra “kimota” (atomik de trás para frente) para se transformar (bem semelhante ao Capitão Marvel ou Shazam). Até seus parceiros tiveram uma grande semelhança com o Capitão Marvel: substitui Capitão Marvel Jr. e Mary Marvel por Young Marvelman e Kid Marvelman, ambos fazendo uso da palavra “marvelman” para ativarem seus poderes. E por fim a semelhança também nos vilões, onde o Dr. Gargunza – equivalente ao Dr. Silvana, principal algoz do Capitão Marvel em suas histórias. Porém esse universo recheado de aventuras simples e inocentes perdurou por vários títulos publicados e republicados pela Len Miller & Son, até que no ano de 1963 tudo chegou ao fim.

O que ninguém esperava era que nos anos 80 o editor britânico Dez Skinn, que publicava em uma revista de quadrinhos chamada Warrior e queria reviver um personagem até então esquecido. Por ironia do destino em 1982 um escritor não muito conhecido assume o personagem de forma magistral, e esse escritor seria ‘apenas’ Alan Moore. A Eclipse Comics levou em 1985 o título para os EUA. Com isso para evitar problemas com a Marvel Comics, eles rebatizaram o título para Miracleman.

austen-miracleman-gore

Moore mostrou de que maneira poderes extraordinários poderiam afetar um ser humano psicologicamente e o impacto que um ser superpoderoso teria na vida cotidiana. Ele basicamente destruiu e montou novamente o personagem com milhares de camadas e profundidades, basicamente ele obliterou com toda comparação com o Capitão Marvel. Não havia lugar para temáticas simples e básicas, então carregando todo o contexto de uma nova época que surgia, o escritor injetou doses de dramaticidade e um clima sombrio para a HQ.

A magia de Alan Moore não parou por aí, ele virou tudo de pernas pro ar ao transformar todo o passado de Marvelman em memórias implantadas pelo governo, acrescenta um projeto secreto chamado Zaratustra e revela que não é só o “herói” que está vivo, mas também seu parceiro Johnny Bates corrompido pelo poder. E somos reapresentados à Michael Moran, agora um repórter freelancer, adulto e casado, que anda sofrendo com terríveis dores de cabeça e é frequentemente assombrado por pesadelos.

miracleman_vol_1_1-07811abfdd2737caa115132809548626-1024-1024

Nestes sonhos perturbadores, ele não está sozinho – porém, nunca consegue identificar seus companheiros. Moran tem a sensação de voar e possui um enorme poder; tudo, invariavelmente, acaba em fogo, dor e morte, com uma palavra ecoando em sua mente, da qual ele não consegue se lembrar ao despertar. Ao cobrir uma ação terrorista em uma usina nuclear, a visão da palavra ‘Atomic’ refletida em uma das portas lhe remete a aquela que tanto o inquieta nos sonhos: ‘Kimota’. Com a revelação, surgem novamente os poderes de Marvelman, suas recordações… e muitos problemas.”

E vemos muitas coisas da genialidade de Moore, como alienígenas, violência sexual, holocausto, totalitarismo e muitas outras coisas que viriam a ser usadas como bases em hqs futuras.

Vale ressaltar também que em Julho de 2009, depois de uma extensa briga judicial envolvendo vários “criadores”, a própria Marvel adquiriu todos os direitos referentes à publicação da personagem, prometendo assim, relança-lo com seu título original.

 

OBS: Após Allan Moore criar uma obra mítica, ele saiu e quem assumiu foi o incrível Neil Gaiman. Infelizmente a Eclipse em 1994 veio a falência e inclusive já tinham solicitado artes para as próximas edições e quem seria responsável por elas seria o brasileiro Mike Deodato Jr.

mm15-20-21

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: