[Áudio Livro] E o Vento Levou – Margaret Mitchell

Desafio da BBC

Você gosta da jornada do herói? Pois esse é exatamente uma jornada do herói mas sem os super poderes.

Os fardos são feitos para ombros fortes – Scarlet Ohara

Vou fazer uma postagem  um pouco diferente da habitual que faço, pois esse livro tem muito a ser abordado, então comentarei com vocês sobre o livro por partes.

e_o_vento_levou_1939_to

Resumo:

e o vento levouScarlette O’Hara é uma uma moça de 16 anos que é cobiçada por todos os rapazes e ela sabe disso. Ela foi criada aos moldes da época para ser uma moça recatada e da família, mas logo sabemos que não é bem assim que a menina pensa. Aliás, os pensamentos dela não são nada revolucionários e bem na realidade ela sente preguiça disso. Scarlette é apaixonada pelo Ashley, porém ele irá se casar com a Melany uma vez que as famílias já fazem isso há anos.

O problema que a Scarlette acha que o mundo gira em torno dela e ela passará dos 16 anos até os 28 anos pensando que o Ashley a ama, quando na realidade, o que ele sente por ela é basicamente o que todos os homens pensam da O’hara. Nesse meio tempo muita coisa acontece com a Scarlette: para fazer ciúmes a Ashley, ela de súbito resolve aceitar o pedido de casamento de Charles, irmão da Melany, que faz o pedido em um churrasco que está havendo. É nesse mesmo churrasco que iremos conhecer um personagem mega importante pra história, que é o Capitão Buttler.

Mas esse não é o único casamento que a O’hara terá, ela ainda se casa mais duas vezes, tendo um total de quatro filhos: dos dois primeiros casamentos tem apenas um filho, mas  do terceiro ela terá 2, e veja bem, estou contando isso porque você deve observar como ela reage para a gravidez.

Mas entre todo esse triangulo amoroso imaginário, há alguns assuntos abordados que são importantes como a Guerra Civil entre o norte e os sulistas, a escravidão e a Ku Klux Klan.

 

Por pior que seja a noite, amanhã é outro dia.

Guerra Civil de 1861

A época que se passa a história se passa na metade do século XX, mas exatamente em 1861, na época da Guerra Civil norte-americana, em que os sulistas se opunham as ideologias nortenhas, que resultou na abolição da escravatura nos E.U.A. Acompanhamos, como plano de fundo de E o Vento Levou o pré-guerra, durante e pós-guerra.

guerra-civil-americana

A guerra durou de 1861 a 1865, mas voltando um ano antes, em 1860 Abraham Lincoln foi eleito nos E.U.A e como republicano, ele abolia a escravidão. Sendo assim, a Carolina do Sul foi o primeiro estado que se separou, em dezembro de 1860. Em 1861 mais “estados de economia e filosofia política” parecidos com o da Carolina do Sul fizeram a mesma coisa tornando-se os Estados Confederados da América. E assim ficou:  norte, sob o governo de Lincoln, e o sul,  movimentos dos confederados, liderados por Jefferson Davis.

Francamente, minha querida, eu não dou a mínima.

Personagens:

e-o-vento-levou-3 irmãos tretlon

Já falei da Scarlette, afinal ela é a personagem principal. Quando iniciamos a história, sabemos que ela tem 16 anos é a mais velha das filhas dos O’hara. A Scarlette é o tipico de pessoa que ” atira primeiro e pergunta depois”, por muitas vezes ela faz coisas que é sem escrúpulos, mas nitidamente conseguimos perceber que ela nem se quer parou para pensar nas consequências. Uma amostra disso são os casamentos dela.

Sobre os filhos, a Scarlette dá uma aula de como não ser mãe. Isso mesmo que você leu. Ela é tão mimada e egocêntrica que nem nota as necessidades dos próprios filhos. E passa uma boa parte da história cegamente apaixonada pelo Ashley e odiando a Melany, achando que a mesma é irritante, mas em um momento ela percebe que ela foi a única amiga que teve de verdade.

Mas devo confessar que ela é uma personagem incrível. Apesar dos pontos negativos uma coisa que ela sempre lutou foi por suas terras: Tara. E são exatamente por essas terras que ela luta ao longo dos anos e nesse mesmo tempo ela terá perdas significativas que só a tornam mais e mais forte.

cena-do-filme--e-o-vento-levou-1504023106650_v2_900x506Um outro ponto a se destacar é a inteligencia para os negócios. Embora ela não se importe com as noticias e até mesmo ache a leitura desnecessária, ela é excepcional com os números, o que faz seu segundo marido achar horrível uma mulher saber fazer contas de cabeça. E aqui temos um pouco do empoderamento feminino, pois ela é tão teimosa que não se deixa levar pelos comentários.

e-o-vento-levou-casal-apaixonadoO Capitão Buttler é um dos homens mais bacanas em E o Vento Levou. Apesar de ganhar seu dinheiro com a guerra, vemos que, mesmo sem escrúpulos perante a sociedade, é um dos personagens mais humanos que já ouvi/li. Faz a Scarlette de boba, principalmente no início, mas é por causa dos comentários ácidos que vemos a evolução da personagem principal.

Melany é exatamente o oposto da Scarlette e nunca enxergou a malicia da cunhada para com o seu marido Asheley. Sempre bondosa ela faz de tudo para ajudar a O’hara e se mostra ser uma fiel escudeira basicamente. Já o seu marido não tenho muito o que falar, já que maior parte ele está lutando pelos sulistas e quando retorna tudo o que vemos é um homem inútil.

Os demais personagens acho que não tem tanto espaço como eles. São muitas famílias, muitas pessoas  que vem e se vão e por isso achei necessário focar neles.

Autora:

Atlanda de 1900 nascia Margaret Mitchell, cresceu e se tornou uma jornalista na The Atlanta Journal Sunday Magazine de 1922 até 1926, até que teve uma lesão no tornozelo e se afastou. Casada com John R. Marsh, levava para sua esposa livros para que a mesma se distraísse, mas após ler basicamente tudo que havia na biblioteca o marido propôs que a mesma escrevesse sua própria história e assim nasceu E o Vento Levou. O livro foi lançado em 1936 e laureado com o Prêmio Pulitzer em 1937.

image98.jpg

Filme:

Em 1939 foi lançado o filme, contando com a direção de Victor Fleming, contou com a atuação da Vivien Leigh, Clark GableLeslie Howard, Hattie McDaniel entre outros. O filme tem quase quatro horas de duração mas ainda sim conta com algumas alterações comparado ao livro. Bem como não aparecer os filhos da Scarlette, a morte de um dos parentes da Scarlette de forma diferente, defendendo as terras. Mas ainda assim é um filme muito bom. Sim, eu assisti quatro horas de filme e gostei, mesmo que os filmes antigos não sejam a minha praia.

O filme foi indicado para 13 premiações no Oscar de 1940, porém levou 10 das indicações, sendo Melhor Atriz – Vivien Leigh, Melhor Atriz Coadjuvante – Hattie McDaniel (primeira afro-americana a receber a premiação) Melhor Filme, dentre outros.

png-thumb-800x505-75088


Ficha Catalográfica

  • Autora: Margaret Mitchell
  • Gênero: Romance
  • Capa comum: 528 páginas – volume I / 512 páginas – volume II;
  • Áudio Livro: Ubook – 25h03m17s – volume I / 25h46m48s – volume II;
  • Editora: BestBolso – Edição de bolso;
  • Idioma: Português
  • ISBN-13: 978-857799430

 

Anúncios

2 comentários em “[Áudio Livro] E o Vento Levou – Margaret Mitchell

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: