[Livro] O Meu Pé de Laranja Lima – José Mauro de Vasconcelos

Olá, tudo bem?

Eu comecei a ler já velhinha, ou seja, todos esses livros que muita gente teve a oportunidade de ler logo quando criança, eu estou  começando a lê-los agora. Por um lado fico imensamente feliz em ter lido – finalmente – Meu Pé de Laranja Lima, mas por outro, me entristeço pois, como deve ser rico a experiência de ler enquanto pequenino e depois na fase adulta.

meu-pe-de-laranja-lima---o-oposto-do-amor.html
Imagem retirada do site: Obvious

Zezé é um garoto que tem cinco anos (de verdade), filho de um pai desempregado e uma mãe que trabalha na fábrica para levar sustento para casa, é afilhado do capeta, pelo menos é o que falam pra ele, já que é conhecido por suas artes que prega, não somente em sua casa, mas pela vizinhança e que lhe rendem muitas palmadas. Ainda novo aprender a ler sozinho, o que espanta a todos, garoto esperto que aprende muito, principalmente as palavras estrangeiras e difíceis com o seu tio Edmundo. Na escola um anjo, que tira boas notas e leva flor a professora, menino com uma imaginação que só crianças possuem, os galhos se tornam cavalos, um galinheiro é um zoológico do qual desbrava com o seu irmão mais novo quando tem que tomar conta dele, o reizinho Luiz e até mesmo a amizade que ele cria com a sua pequena árvore de Laranja Lima, que entende muito bem os pensamentos do Zezé, quando eles se mudam. Mas é após uma jura de morte a um português, que Zezé vai descobrir o que é ternura.

Ah gente, que livro lindo! Ao ler, você vai sentindo a inocência do Zezé, o quão doce ele é e provavelmente vai se lembrar de alguma criança.

Um livro super curtinho, li ele em um dia e me arrependo por não ter lido antes (mas tem aquela história né, o livro te chama quando você está preparada para ele), mas foi muito prazerosa e me permitiu tocar pensamentos de quando eu era criança.

Matar não quer dizer a gente pegar o revólver de Buck Jones e fazer Bum! Não é isso. A gente mata no coração. Vai deixando de querer bem. E um dia a pessoa morreu.

Pelo que andei pesquisando, é um obra autobiográfica do autor José Mauro de Vasconcelos sobre sua a sua infância. O livro foi publicado pela editora Melhoramentos em 1968 e já foi traduzido para vários idiomas, conquistando mais de 19 países sem falar nas adaptações que já foram feitas para a telinhas e telonas.

O Meu Pé de Laranja LimaNão vou negar, chorei copiosamente. A cena do Natal, de manhãzinha… gente, é de partir o coração. Perceber que muitas vezes a criança não entende o adulto e o adulto se esquece o que é ser criança, e são nesses momentos, que muitas vezes perdemos a cabeça, mas será que era necessário mesmo? Ver a imaginação de uma criança ser corroída aos poucos pela bruta realidade, entender que podemos sim, ser bons amigos de uma criança, não existe o ser muito novo e estar muito velho, o que existe é uma ponte que nós, adultos, minamos e achamos que somos superiores demais. Mas também, e acredito que o autor queria falar sobre isso, uma balança, onde devemos pesar o que a criança precisa saber. Claro que devemos preparar a criança para um futuro onde as coisas não podem ser do jeito que sempre queremos pois existem fatores de fora que acabam “atrapalhando” o curso dos nossos sonhos, mas não podemos expor a realidade nua e crua de uma vez só para uma criança. Temos que equilibrar…

Esse é um livro que vou instigar com que meus sobrinhos leiam agora pequeninos e também pedirei com que leiam quando grandes. Acredito que deveríamos sempre retomar essa leitura, para lembrarmos a nós mesmos o peso em ser criança e o peso de ser um adulto.

Beijos e até.

 

4 comentários em “[Livro] O Meu Pé de Laranja Lima – José Mauro de Vasconcelos

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: